Escritor de livros infantis Paulo Netho
Menu

Quem é o

Paulo Netho

Um poeta com muita poesia na cachola

Conheça o Paulo Conheça o Paulo

Quem é o Paulo Netho
Os belos velhos estão na pista
Os belos velhos estão na pista

Publicada em 18/02/2023

Relendo o livro "A bela velhice", de Mirian Goldenberg, pesquei muitas das joias que você vai ler neste post. Mas antes é preciso dizer que os belos velhos estão na pista, eles cantam, dançam, criam, amam, brincam, trabalham, transgridem tabus. Não se aposentaram de si mesmos. Eles não se tornaram invisíveis, apagados, infelizes, doentes, deprimidos. Ainda sentem tesão pelo o que fazem.

E para tudo isso acontecer, a autora nos lembra a dica de Simone de Beauvoir: "para se ter uma bela velhice é preciso ter um projeto de vida". Coisa que se a gente olhar para os nossos "belos velhos" imediatamente enxergaremos figuras como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Rita Lee, Ney Matogrosso, Chico Buarque entre tantos outros.

Num dos capítulos deste livro fundamental, Mirian cita Arnaldo Antunes: "Que preto, que branco, que índio o quê? Somos o que somos: inclassificáveis." Aí, ela faz uma paródia com os versos do ex titã: "Que jovem, que adulto que velho o quê? Somos o que somos: inclassificáveis".

A autora também nos diz que a palavra "idade" rima com maturidade, felicidade, reciprocidade, necessidade, humanidade, curiosidade, sinceridade, generosidade, positividade, autenticidade, serenidade, oportunidade, finalidade, intensidade, profundidade,, sensibilidade, naturalidade, originalidade, longevidade, jovialidade...

Então, fica essa dica de leitura.



Deseja receber informativos em seu e-mail?

Digite sua Dúvida
Este site pode utilizar cookies para segurança e para lhe assegurar uma experiência otimizada. Você concorda com a utilização de cookies ao navegar neste ambiente? Conheça a nossa Política de Privacidade.