Escritor de livros infantis Paulo Netho
Menu

Quem é o

Paulo Netho

Um poeta com muita poesia na cachola

Conheça o Paulo Conheça o Paulo

Quem é o Paulo Netho
Terça-feira gorda
Terça-feira gorda

Publicada em 22/02/2023

 

Só o carnaval para liberar o lado lúdico das pessoas. Confesso que já gostei mais dessa Festa Popular, mas como sou um recolhedor de pequenas cenas, compartilho com vocês mais esta. Depois do dilúvio de sábado e domingo e da tristeza que se abateu sobre o litoral Norte de São Paulo, resolvemos colocar os pés para fora de casa e fomos à feira de Presidente Altino nesta terça-feira gorda.

Enquanto Aurinha navegava de banca em banca, eu me controlava para não parar na barraca do Oshiro e apreciar o melhor pastel de palmito do pedaço. Minha médica me proibiu frituras.

Pois bem, após as compras resolvemos pedir um Uber para voltar para casa. Não demorou nem dois minutos quando do outro lado da Rua Osvaldo Collino, parou o carro que nos levaria ao nosso destino, dentro do automóvel uma figura ao volante vestia chapéu de palha, com uma pintura que lembra a bandeira do estado do Pernambuco. O homem era tão vermelho como um camarão e tinha a cara do Alceu Valença como bem me lembrou a minha amiga Patricia Camargo.

Assim que entramos notei sobre o painel uma arrumação de  bonequinhos de massa que remetiam a essa tradicional festa. No banco do carona, um guarda-chuva de frevo. Claro que  estávamos sendo conduzidos por um pernambucano arretado.

Confesso que quando bati os olhos nele, à primeira vista, torci o nariz. Puro preconceito que se quebrou assim que enxerguei de verdade a figura que guiava aquele veículo e que carinhosamente enfeitou o carro e a si mesmo para enfrentar esses dias de folia.

No toca CD ouvi um grupo cantando músicas carnavalescas, logo o motorista que se chama Snaldo Lins, me disse que era o grupo Pitombeira de Olinda, um grupo que existe desde os anos 1950 e tem uma identidade cultural muito importante para os pernambucanos.

Snaldo mora em São Paulo há 16 anos, veio para cá por causa das suas filhas e quando pensou em voltar com a mulher para Recife, vieram os netos e aí ele não conseguiu se apartar deste amor inesperado e sem tamanho. E quando não está trabalhando com o Uber, é o motorista do Ginásio de Esportes José Liberatti, em Osasco.

A nossa viagem à bordo do "Carnamóvel" do Snaldo não demorou nem 10 minutos, mas certamente deixou a nossa terça-feira gorda mais cheia de cores e sabores.


Deseja receber informativos em seu e-mail?

Confira outras imagens

Terça-feira gorda
Digite sua Dúvida
Este site pode utilizar cookies para segurança e para lhe assegurar uma experiência otimizada. Você concorda com a utilização de cookies ao navegar neste ambiente? Conheça a nossa Política de Privacidade.